quarta-feira, fevereiro 15, 2006

Ainda a propósito do MUD

Também o meu avô viu a sua carreira de cirurgião hipotecada pelo facto de o seu nome constar nas listas dos defensores de eleições livres. Não consta que se tenha arrependido. Continuou a trabalhar devido ao parecer de um bispo, seu doente, que , por ironia do destino, resolveu meter-se ao barulho para defender que, apesar de possuír um carácter um pouco insubmisso, o Dr. Víctor Regala era no fundo um bom rapazinho.
Sugere o Medeiros Ferreira que estes exemplos fortalecem as posições que hoje tomamos. Eu julgo que sim. Cabe-nos continuar a abrir a boca sempre que nos queiram calados.